Cão idoso foi abandonado em um estacionamento vazio com nada além de sua caminha

Tem alguns seres humanos que são covardes, é por isso que o mundo tem que evoluir muito e os animais dão aulas de amor a todos nós!!! O ser humano é muito cruel. O que ele fez com esse cão, pode ter certeza que uma hora ele vai pagar.

A cada dia, o amor se esfria, mais ainda largar um animal idoso a propria sorte! O mundo está mesmo virando de pernas pro ar lamentável.

Em um estacionamento vazio, uma cachorra da raça pitbull esperou pacientemente até que alguém finalmente a encontrou. Ela havia sido abandonada sem nada além de uma caminha.

É possível que o antigo tutor tenha imaginado, de forma bastante irresponsável, que a caminha poderia garantir algum conforto para a cachorra. Ele não deixou nenhum alimento nem água, nem se importou se estava frio ou quente demais no local.

Abandono e resgate

Bluebelle é uma cachorra já idosa e tinha apenas a caminha para impedir que o asfalto do estacionamento, aquecido pelo sol quente, queimasse o seu corpo. Alguém da vizinhança entrou em contato com o Austin Animal Center, um órgão governamental, que enviou uma equipe para o local.

Os funcionários do centro de resgate encontraram a cachorra deitada, já conformada com o abandono cruel que havia sofrido.

Ela simplesmente pousou os olhos tristes e doces nos resgatadores e aceitou os petiscos que eles haviam levado – uma indicação de que já estava acostumada a conviver com humanos.

Bluebelle foi levada para o abrigo e parecia estar grata à equipe de resgate pelo salvamento.

De acordo com diretores do centro de resgate, a cachorra bebeu muita água e depois dormiu, ainda na sua caminha, mas em um ambiente refrigerado, sem risco de desidratação.

A situação de Bluebelle

A cachorra foi levada à clínica veterinária logo depois de ter sido admitida no Austin Animal Center. Os médicos avaliaram que a pitbull tem cerca de nove anos e não identificaram nenhum comprometimento em órgãos vitais.

Contudo, Bluebelle estava com sarna demodécica (também chamada sarna negra), uma doença causada por ácaros parasitas que afeta a pele. O Demodex canis, responsável pela enfermidade, se aloja nos folículos pilosos e nas glândulas sebáceas.

A sarna demodécica não é contagiosa. Ela é transmitida pela mãe infectada aos filhotes durante o parto ou a amamentação. A doença se manifesta quando o animal apresenta problemas de baixa imunidade, quando os ácaros passam a se reproduzir de forma descontrolada.

Bluebelle estava sofrendo da forma generalizada da doença, que exige tratamento cuidadoso.

Quando a sarna demodécica se manifesta em filhotes de três a oito meses, quase sempre os sinais desaparecem com o desenvolvimento e fortalecimento do sistema imunológico, sem necessidade de medicação.

No caso de Bluebelle, a sarna era devida à idade e provavelmente à negligência sofrida com os antigos tutores. A doença se espalha por todo o corpo e algumas lesões de pele podem se romper, causando hemorragias.

A pitbull estava com a pele vermelha, em carne viva, com falhas na pelagem em diversos pontos do corpo. Blue foi também diagnosticada com conjuntivite, devido a uma infecção oportunista derivada da sarna demodécica.

Os funcionários do abrigo também estão trabalhando para recuperar a saúde emocional de Bluebelle. Ela ainda precisa recuperar a autoestima, prejudicada pelo abandono e pelo recolhimento a um ambiente estranho, apesar de acolhedor e saudável.

Apesar de todos esses problemas, Bluebelle não se deixa abalar. Os funcionários do abrigo disseram que a cachorra está sempre de bom humor. Trata-se de um animal dócil e amoroso, muito curioso com tudo o que se passa ao redor.

A pitbull também precisava ganhar peso. Ela estava subnutrida, por causa de um longo período de maus tratos por que passou. No abrigo, ela recebeu alimentação especial, além dos medicamentos para devolver a saúde dos pelos e da pele.

Apesar da negligência, a equipe do Animal Center percebeu que Bluebelle é uma cachorra acostumada ao convívio com humanos. Ela nunca se mostrou agressiva e é bastante receptiva aos comandos da equipe.

Por isso, o abrigo tratou de rapidamente encontrar um lar adotivo para a pitbull. Fotos da cachorra foram postadas nas redes sociais do Austin Animal Center e já surgiram alguns candidatos interessados em adotá-la.

Uma família de Austin foi selecionada e já foram realizados os primeiros contatos entre a cachorra e os seus novos humanos.

A equipe avalia que o tratamento médico deve se estender por mais algumas semanas. Depois disso, ela finalmente estará pronta para deixar o abrigo e virar esta página triste da vida.

A minha alma gêmea tem quatro patas e pelos. Um cão é um amor para a vida. Eles podem não durar vivos eternamente, mas o amor e a presença deles resistem para sempre.

Nunca duvide do amor de um cachorro. Ele nasce com a missão de te acompanhar, de te amar. E o que ele pede de volta? Amor e comida... Nada mais justo né?

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário