Cachorro corre mais de 200 km com lágrimas nos olhos para encontrar o dono que o abandonou

Que triste ver um animal abandonado, precisam estudar esses tipos de seres desumanos que jogam suas frustações em cima do animal que não conseguem entender o motivo do abandono.....Se experiências em animais fossem abandonadas, a humanidade teria tido um avanço fundamental.

O gesto de Maru, um cachorro de um ano, nos mostra que os animais sempre serão os seres mais fiéis, mesmo quando não recebem o mesmo carinho.

Maru nasceu em um canil e foi adotado por um casal de outra cidade. A cadela só compartilhou seis meses com aqueles que ela acreditava que seriam seus pais para o resto da vida e em pouco tempo ela aprendeu a amá-los.

No entanto, e lamentavelmente, essas pessoas decidiram devolvê-la ao canil. A mulher que lhe adotou entrou em contato com o local para devolvê-lo, alegando ser “alérgica” ao animal.

Com o coração partido, o cão foi colocado em um vagão da ferrovia com destino a cidade do canil.

Porém, durante uma parada do trem em uma pequena estação perto de Achinsk, o animal conseguiu escapar. Maru usou as pernas para abrir o pequeno compartimento em que a transportavam e, ao sentir o trem parar, saltou com força do bonde.

Em questão de segundos, o cão assustado conseguiu escapar de quem cuidava dela e foi para a floresta. A assistente chamou seu nome e tentou alcançá-la, mas foi impossível encontrá-la na escuridão da noite.

Diante da perda do animal, Morozova avisou os donos e pediu ajuda para resgatar Maru. No entanto, a mulher alega que eles não ficaram chateados ou preocupados.

Preocupado com Maru, Morozova decidiu publicar a notícia sobre sua perda e distribuiu folhetos na esperança de que alguém a visse e a reconhecesse.

Milagrosamente, essa amiguinha corajosa foi encontrada viva dois dias e meio depois de sua fuga. Maru foi encontrada na área industrial da mesma cidade em que morava nos últimos meses.

Ao encontrar Maru, ela teve ferimentos no focinho, que possivelmente foram causados quando ela caiu do trem durante sua fuga.

Quando os voluntários conseguiram resgatá-la, Maru estava exausta e aos prantos. Não podemos imaginar a angústia e a tristeza que esta menina pode ter sentido durante os dias em que vagou sozinha.

Felizmente, Maru está de volta ao canil e conseguiu se reunir com sua mãe e irmãos biológicos.

Realmente os humanos não merecem o amor dos animais. Eles são os seres mais puros porque nos amam de qualquer jeito, sem distinção, sem preconceito. Não consigo entender o porquê das pessoas maltratar e abandonar um ser que só faz o bem.

“Em meus sonhos mais profundos nenhum animal viverá na solidão do abandono das ruas, ou mesmo no abandono de um lar sem amor, acorrentado, passando fome e frio.”

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário