Dono idoso falece de 'tristeza' por não conseguir superar morte de seu cão de 16 anos: "perdi meu amado cachorro"

Um cachorro é um amigo melhorado, porque ainda tem um pelo fofinho para acariciar. Ter um cachorro de pequeno porte é ter um mini ursinho, pronto para ser abraçado. Cachorrinhos têm o dom de nos trazer novos olhares e lambidelas na vida.

Uma das melhores partes de uma viagem é voltar para a casa e abraçar meu cachorro. Dê amor para o seu cachorro. Será certamente amor recíproco. As únicas criaturas que são evoluídas o bastante para carregar o amor puro são cachorros e crianças.

Só quem tem um cão de estimação em casa sabe o vínculo poderoso que existe entre ele e seu tutor.

Um exemplo tocante dessa conexão aconteceu em Hemet, na Califórnia (EUA), onde um idoso aposentado morreu de "tristeza" após o falecimento de seu cachorrinho.

Ken morava em uma comunidade nômade com Zack, seu cão de 16 anos, que passou a vida ao lado de seu tutor. Eles viviam em harmonia com a natureza e adoravam a vida em comunidade.

Há algumas semanas, Carol Burt, uma vizinha, foi à casa do idoso para visitá-lo, bateu na porta, mas ninguém a abriu.

Preocupada, ela entrou na casa pela porta dos fundos e ficou chocada ao encontrar Ken extremamente debilitado, sem conseguir se levantar ou pedir ajuda.

Zack estava em situação semelhante, pois não era alimentado há dias. Ao tomar conhecimento do caso, a ONG At-Choo Foundation se ofereceu para cuidar dos dois.

Após duas semanas, Ken conseguiu se recuperar da anemia, mas Zack não. Com um quadro de saúde bastante crítico, o cãozinho acabou falecendo, para a tristeza absoluta de seu tutor.

Uma foto tirada dias antes do acontecimento está partindo corações em todo o mundo - nela, o idoso e seu cãozinho se abraçam pela última vez.

Para ajudar Ken a superar a perda, milhares de pessoas têm enviado cartas de todas as partes do planeta com mensagens positivas e de pura empatia.

“Elas estão me dando propósito, me ajudando a lidar com tudo isso. Zack viverá para sempre em meu coração”, disse Ken.

As cartas chegaram a Ken, mas em uma triste reviravolta do destino, ele faleceu de ataque cardíaco.

Muitos estavam dizendo que ele realmente faleceu por não aguentar tanto sofrimento desde que perdeu seu amado cachorro. Nós podemos entender completamente.

Verdade eles são anjinhos fies doi muito a perda perdie um quase entro em depressão faz mais de 2 anos a inda hoje min foi muito. Tadinho, É muito triste perder um animal quê é muito amigo da gente, melhor quê o ser humano. 

É triste demais a perda de um filho peludo...... é muito amor que há entre nós que amamos e nossos bichanos.... já passei por isso várias vezes e agora fico rezando para que os 5 que estão comigo não morram antes de mim.....

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário