Homem descobriu cachorra abandonada na rua pelo vizinho e decidiu adotá-la
26/12/2022

PUBLICIDADE

Nunca duvide do amor de um cachorro. Ele nasce com a missão de te acompanhar, de te amar. E o que ele pede de volta? Amor e comida... Nada mais justo né? Quer amizade sincera? Adote um cachorro!

Um homem morador se deparou com uma cena deprimente: ele viu uma cachorra sozinha na rua, aparentemente desorientada, sem saber o que fazer.

O herói descobriu que ela tinha sido abandonada por um vizinho e, para evitar um acidente, resolveu adotar a peludinha.

PUBLICIDADE

A adoção

André Said adotou a cachorrinha depois de ter descoberto que um vizinho simplesmente tinha tirado o animal de casa, deixando-o sozinho na rua, com risco de acidentes e quedas, além dos eventuais maus tratos e, claro, da fome.

O vizinho tinha mudado de residência dois dias antes. Aparentemente, o imóvel tinha ficado vazio. Mas André descobriu que ele tinha deixado a cachorrinha para trás. Com sede e com fome, o animal atravessou o portão e estava sozinha, perdida na rua.

PUBLICIDADE

O salvador já vivia com um cachorro adulto, de grande porte. Mesmo assim, ele considerou que o perigo maior, para o filhote, certamente seria ficar desamparado na rua. André levou a cachorrinha para casa, ofereceu água e comida.

A peludinha estava apavorada, sem entender nada do que estava acontecendo. Ela vivia com uma família, tinha uma casa e, do nada, não tinha mais nada. Por sorte, encontrou outro humano que a acolheu. Mas a filhote não sabia como reagir.

PUBLICIDADE

Depois de reconhecer o ambiente, cumprimentar o cachorro sênior e comer a ração servida por André, a filhote aninhou-se em um cantinho e dormiu durante o resto do dia. Quando finalmente acordou, já parecia ser “de casa”.

A adoção se mostrou irreversível. A cachorrinha despertou brincando, interagindo com o irmão mais velho, procurando mais comida, revelando a personalidade extrovertida. Ela conquistou definitivamente o coração de André.

PUBLICIDADE

Adotar um cachorro ou gato é um gesto de amor e desprendimento. Quem acolhe um pet em casa salva uma vida e torna a própria vida mais prazerosa. 

Esses cruéis chegam na velhice sozinhos e as pessoas julgam a família ainda! Gente, lei do retorno, os animais são de Deus também, aliás, eu creio que sejam muito mais próximos e evoluídos do que o ser humano. Hoje abandona o bichinho a própria sorte, amanhã é abandonado, simplesmente isso.

Gratidão! Esse homem foi um anjo que salvou outro anjo! Parabéns! Adotar é o melhor dos mundos!

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

PUBLICIDADE

AD
Artigo