Uma cidade inteira com infinita alegria se reúne para comemorar o retorno de um cachorro desaparecido; Vídeo

Ter um cão ou uma cadela é ter direito a amor infinito! É chegar em casa e receber lambidas e festinha. É ter uma companhia constante e uma motivação para passeios na rua. Um cachorro traz vida para a casa de uma família! Um cão é um amor para a vida. 

Este adorável cachorrinho gosta do amor incondicional e da atenção de toda a comunidade e se tornou o mascote da cidade.

Ele esteve recentemente perdido por uma semana e todos fizeram um árduo trabalho de busca para encontrar este cachorrinho, que é considerado um personagem ilustre na comunidade. Autoridades e residentes se reuniram para descobrir o paradeiro do cachorro. 

Beethoven deixou a cidade seguindo um casal de migrantes.

Graças às denúncias e ao fato de os moradores nunca desistirem, seu desaparecimento se tornou viral nas redes. Foi assim que um caminhoneiro conseguiu identificar o cachorrinho que se dirigia para o Vale do Cauca, uma região longínqua de onde nasceu nosso amigo de quatro patas.

Segundo alguns depoimentos, o cachorro desapareceu da cidade depois de seguir um casal de migrantes que caminhava em direção ao sul da Colômbia.

As pessoas não descansaram até que o tivessem de volta.

Diante do desaparecimento de Beethoven, o diretor da Fundação Protetora Amores, juntou-se à busca e fez diversos cartazes que colocou em toda a comunidade e divulgou seu paradeiro nas redes sociais.

Alguns cidadãos de municípios vizinhos relataram que o viram, mas não queriam receber água ou comida, ele apenas queria continuar caminhando.

Com seu olhar doce e ternura inesgotável, ele conquistou até o coração mais duro.

Seguindo o alerta do caminhoneiro, as autoridades implantaram uma operação no município de Tuluá, onde ele também foi visto pelo motorista de outro caminhão que também avisou a polícia de que o viu passando por aquele local.

Um patrulheiro ainda relatou que o tinha visto naquela área em um caminhão na companhia dos migrantes.

Os policiais de Tuluá colocaram um boné nele e cuidaram dele até que ele voltasse para sua cidade natal.

Ao retornar, toda a comunidade se reuniu para recebê-lo como celebridade , Beethoven não tem casa fixa, nem dono permanente, todos cuidam dele, o alimentam, dão banho e o fazem sentir-se verdadeiramente amado.

“Todos o amam, do prefeito ao padre”, declarou o diretor dos Amores callejeros.

Na verdade ele quer um lar permanente, está ficando com mais idade e a rua não é um lugar legal, mesmo que todos gostem dele. Ainda tem muita gente boa no mundo. Isso mesmo ele tem que ter um lar. Ele é lindo. 

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário