Cão confuso foi devolvido 5 vezes por ser desobediente, até conquistar um lar de amor, descobriu que ele era surdo

Um cão é um amor para a vida. Eles podem não durar vivos eternamente, mas o amor e a presença deles resistem para sempre. Só mesmo os cães para, em troca de uns biscoitos, darem amor como se tivessem ganhado na loteria.

Eu não tolero abandono. Uma vez meu, pra sempre meu será. Luto, compro minhas brigas, sofro, mas não desisto. Porque uma vida é uma vida e, se Deus pôs sob meus cuidados e minha responsabilidade, eu não vou passar a bola pra ninguém!

Ivor não conseguia estabelecer referenciais e estava bem confuso. Ele passou por cinco casas diferentes em sete meses de vida.

Ao todo, ele teve seis passagens pelo abrigo. Em todas as ocasiões, os candidatos a tutor reclamaram que o cachorrinho era muito desobediente. 

Aparentemente, Ivor era um “enfant terrible”. Ele não obedecia a comandos simples e ignorava os parentes mesmo quando era chamado para comer ou passear.

A desobediência frustrou cinco famílias diferentes e, ainda filhote, o cachorro estava na sua “sexta temporada” no canil do abrigo: uma situação frustrante. 

Ivor é um adorável cão quase todo branco, com manchas bronze. Um dos aspectos mais charmosos do cachorrinho é uma máscara no rosto, que cobre apenas um dos olhos. À primeira vista, ele atrai o interesse de muita gente. 

As alegações de desobediência, no entanto, estavam deixando a equipe do abrigo intrigada. Ivor, então, foi submetido a uma bateria de exames, e ficou constatado o motivo de tanta birra: o cãozinho não consegue escutar quase nada. 

Para romper o círculo vicioso de adoções e abandonos, a equipe da RSCPA, ciente do diagnóstico, decidiu adestrar o cãozinho.

A primeira providência foi ensinar a Ivor a linguagem dos sinais, que o animal assimilou rapidamente. Diversos truques básicos foram apreendidos com o emprego da linguagem gestual. 

A adoção definitiva 

Ellie realmente se comprometeu com a educação de Ivor. Ela pesquisou métodos e técnicas de treinamento, aprendeu a estimular e predispor o cãozinho às atividades e chegou a fazer cursos com especialistas em educação de deficientes auditivos. 

Os esforços da família Bromilow geraram resultados bastante positivos. Finalmente, Ivor conseguia se comunicar e decifrar os desejos e vontades dos tutores. Surpreendentemente, ele se revelou um cachorro extremamente dócil e obediente. 

O cachorrinho surdo é seguido por mais de 3.600 internautas. A tutora diverte os seguidores com vídeos que mostram o peludo brincando, fazendo truques e até mesmo dormindo. 

Ivor tem uma “vantagem” em relação aos outros cachorros.

Como ele não é capaz de ouvir, acabou desenvolvendo os demais sentidos de forma extremamente aguçada, ele também se movimenta com agilidade e revela um nível de atenção superior ao da média canina. 

Na fan page, Ellie publicou, em primeira pessoa: “Enquanto para os outros algumas coisas passam despercebidas, os meus olhos e eu vejo tudo, mesmo quando estou dormindo. Também sinto as vibrações das portas e dos passos e consigo sentir o cheiro de um grama de carne a um quilômetro de distância”. 

Para Ellie, ter um cachorro surdo é mais ou menos igual a ter um cachorro perfeitamente normal. A família fala com ele e consegue se comunicar com uma variedade de sinais.

Felizmente, depois de muitas idas e vindas, Ivor encontrou um lar definitivo. Ellie e a família se empenham para que ele se sinta integrado, mas principalmente para que ele se sinta feliz. Isto é o que todos nós desejamos na vida. 

Eu tenho o meu bebê de 4 patas com baixa audição. Ganhei ele por causa da deficiência. É um Rotweiller. Aprendemos a falar com ele olhando para ele. E para que ele nos olhe de longe, usamos a vibração. 

Batemos os pés no chão, usamos a voz em tom Grave e alto e ele olha. Como pode alguém recusar um bichinho desses por ser surdo? É só criar hábitos com ele. Quer amizade sincera? Adote um cachorro.

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário