Cãozinho se transforma em “gelatina” sempre quando seu dono tenta tirar fotos com ele

Ter um cão ou uma cadela é ter direito a amor infinito! É chegar em casa e receber lambidas e festinha. É ter uma companhia constante e uma motivação para passeios na rua. Um cachorro traz vida para a casa de uma família! 

O amor pelos pets nem sempre é mensurável. Afinal, não é por acaso que esses animaizinhos estão na casa de 33,7 milhões de brasileiros, o que representa 46,1% das residências no Brasil. Um cão é um amor para a vida.

Há muitas maneiras de escapar de tirar uma foto – você pode fazer uma cara, cobrir as lentes ou, se você for um cachorro chamado Sparky, pode simplesmente derreter.

O cão de resgate fica sem ossos quando está cansado de posar para a câmera . É uma estratégia muito eficaz e muito esquisita de assistir.

“Quando eu tiro fotos com ele, ele tem uma certa tolerância, e quando ele supera, ele simplesmente se joga – é quase como se ele estivesse tendo um acesso de raiva”, disse Kennedy Simmons, o pai de Sparky, ao The Dodo.

“Ele fica mole, e de vez em quando, ele me olha de lado e me lança o olhar mais maldoso, como, ‘Já terminamos?’”

Simmons trabalha como assistente veterinário, onde é conhecido por cuidar de cães com necessidades especiais. Ele adotou Sparky depois que a família do jovem galgo italiano o entregou ao consultório veterinário.

“Eles eram uma ótima família, mas ele teve que passar por uma cirurgia, e eles estavam com tanto medo de deixá-lo fazer qualquer coisa depois que quebrou a perna”, disse Simmons ao The Dodo.

“Eles realmente queriam que ele tivesse um bom filhote com alguém que não tivesse medo de deixá-lo fazer mais nada.”

Desde a operação, em que o filhote teve que ter sua perna removida, Sparky se recusou a permitir que uma perna perdida o atrasasse.

“Ele está selvagem desde o primeiro dia”, disse Simmons. “Se você não tem olhos em Sparky, ele está se metendo em algo. Se ele está fora de sua vista, ele está pegando um pedaço de comida da mesa ou tirando uma meia do cesto. ”

 “Ele é amigo dos cachorrinhos, ele é amigo dos cachorros gigantes”, disse Simmons.

“Ele é tão desagradável com outros cães – ele morde seus rabos e orelhas. Mas todo cachorro acaba amando-o e é muito tolerante com ele. Ele nunca ouviu um ‘não’ de nenhum cachorro. ”

Mesmo que ele não consiga capturar o amor de Sparky na câmera, não há ninguém para quem Simmons preferiria voltar depois de um dia difícil.

“Eu tive vários outros cães com necessidades especiais, e ele tem algo tão especial. Ele é apenas um pequeno raio de sol quando você chega em casa “, disse Simmons.”

Seu nome é tão adequado – ele tem um brilho nos olhos e traz tanta alegria a todos porque ele realmente não tem medo de nada. ”

Eu achei que fosse uma cobra logo de primeira que vi a foto. Parece que não tem ossos no pescoço. Que dá hora, o bichinho é esperto e muito especial....

O meu e extremamente tímido para foto, tenho um pooldor de 8 meses que se chama João. A minha faz caras e bocas, mas se pego o celular pra tirar foto ela vira a cara e sai de perto. 

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário