Cãozinha doente de apenas cinco meses que ninguém queria, foi resgatada e agora está muito feliz

Tão linda! Eles só precisam de uma chance, de alguém que os veja com amor de verdade, que sinta a sua dor e sofrimento nas ruas. Contra Exploração, M4ld4de e Abandono animal.

Graças Deus e ao resgate dessa inocente, como meu coração se alegra em vê cada resgate, cada zelo para esse indefesos. Imagino que os céus ficam muito contente também.

Ela tinha apenas cinco meses, mas já perambulava pelas ruas, sem nenhum tipo de acolhimento.

A situação piorou quando os sinais de sarna ficaram evidentes na pelagem e na pele da cachorrinha, que afastavam ainda mais os possíveis interessados em adotá-la. Mas a história tem um final feliz e Íris foi finalmente resgatada. 

Um motorista de caminhão de entregas se preocupou com a cachorrinha e decidiu avisar que ela estava em perigo, sozinha nas ruas, desnutrida e com uma doença grave. 

Quando os voluntários chegaram ao local, depararam-se com um quadro trágico. A cachorrinha, que não teve a sorte de nascer em um lar digno e responsável, era o próprio retrato do desalento: ela estava muito doente e a sarna havia tomado o corpo. 

A cachorra estava coberta por feridas e escaras, sangrando e exalando mau cheiro. Além disso, Ísis estava desnutrida e apresentava problemas nos dentes. O olhar do animal era um verdadeiro pedido de socorro...

Íris foi diagnosticada com sarna demodécica. A falta de alimento e os ferimentos espalhados por todo o corpo, no entanto, acabaram sendo responsáveis pelos principais sinais que a cadela emitia: ela estava à beira da morte. 

Mesmo assim, a cachorrinha reagiu às ações dos voluntários. Provavelmente, Íris nunca havia recebido cuidados por parte de humanos, mas a peluda abanou o rabinho e até ensaiou alguns latidos de alegria. 

A cadela foi levada à clínica veterinária, onde foi submetida aos primeiros exames.

Mas, ainda não carro do abrigo, ela adormeceu tranquilamente, relaxada na caminha improvisada para recebê-la. Pode parecer pouco, mas esse foi um agrado inédito na existência de Íris. 

Com apenas um mês de muito carinho e atenção, Íris surpreendeu pela nova aparência. O abrigo postou, em suas redes sociais, imagens do “antes e depois” da cachorra.

Ela já está bem nutrida, as feridas cicatrizaram e o corpo maltratado está sendo estimulado com óleo de coco – o animal demonstra muita satisfação com as “massagens” feitas no abrigo para tratar a pele dolorida e machucada. 

Com cerca de seis meses de idade, ela está pronta para virar a página e dar início a um novo capítulo da vida – com certeza, mais feliz.

Agora, a preocupação do abrigo é encontrar uma família carinhosa e responsável para a cadela. Alguns internautas já demonstraram interesse em recebê-la em casa. 

Parabéns! Proteção, amor, cuidados e alimentação! Por vezes cuidados veterinários! Tudo isso indicam pessoas conscientes do sofrimento desses pets abandonados. 

Seja abençoada para sempre! Eu já cuidei de uma cadelinha com sarna demodéxica que foi abandonada pelo dono! Ficou conosco até o final! Os animais são muito queridos, eu amo animais.

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário