Mulher alimentou cachorra abandonada e acorrentada a árvore durante um ano, até conseguir adotá-la

Dizem que eles são os melhores amigos do homem, e para muita gente isso é uma verdade incontestável! Cheios de pureza, os cães nos dão aula sobre fidelidade, companheirismo e lealdade.

“Em meus sonhos mais profundos nenhum animal viverá na solidão do abandono das ruas, ou mesmo no abandono de um lar sem amor, acorrentado, passando fome e frio.”

Uma mulher moradora da Virgínia (sudeste dos EUA) conseguiu levar esta cachorra, de um buraco lamacento para uma casa de verdade.

Laura Seymour conheceu a peluda depois de ouvir os latidos tristes. O animal, da raça akita, havia sido abandonado em uma casa, acorrentado a uma árvore no quintal.

Laura acabou fazendo amizade com a cachorra. Inicialmente, a mulher teve medo de se aproximar, por causa do porte do animal, mas logo no primeiro contato, a akita se desmanchou em agrados e afagos, derretendo o coração da nova amiga.

A cachorra havia sido abandonada pelos antigos moradores, que provavelmente se mudaram e não tinham como mantê-la – muitas pessoas tratam os animais de estimação como se fossem objetos e, quando não podem ou não querem mais viver com eles, simplesmente os descartam, como se fossem trastes velhos.

Laura percebeu as péssimas condições em que a cachorra estava. Não havia tigelas de água e comida e, com as chuvas que haviam caído sobre Richmond, o animal estava enlameado. A mulher, no entanto, não acreditou que se tratava de um abandono.

A cachorra estava presa a uma árvore e a corrente não permitia muito espaço para que ela se exercitasse. Aparentemente, a peluda só se ressentia por estar impedida. Laura passou a visitá-la com frequência, levando água fresca e ração, que o animal devorava avidamente.

As duas amigas estabeleceram um vínculo estreito. O tempo passava e não havia sinal dos antigos tutores. Laura começou a brincar com a cachorra, além de continuar suprindo os alimentos necessários.

A tutora improvisada disse à reportagem local que era “o cachorro mais alegre que eu já vi. Apesar de sozinha, suja, mal cuidada e faminta, ela mostra ser amistosa e está sempre disposta a brincar”.

Laura continuou voltando ao quintal, para brincar e alimentar a amiga. Ela não podia acreditar em um abandono puro e simples.

Como não dispunha de tempo para vigiar a cachorra o tempo todo, a mulher supunha que alguém da família também a visitasse, apesar de a negligência ser evidente.

A mulher decidiu chamar a cachorra de Takia e, durante um ano, visitou o animal com regularidade.

No início, os encontros eram semanais, mas rapidamente Laura percebeu que Takia precisava de assistência diária. Não apenas por causa da nutrição, mas porque a cachorra é muito sociável.

Laura procurou informações sobre como deveria proceder. Ela estava disposta a adotar Takia, ou encaminhá-la para outro lar.

O serviço queria saber se havia alguém disponível para assumir a tutela da cachorra. Laura imediatamente se disponibilizou para receber Takia em casa. Finalmente, a cachorra redescobriu o conforto de um lar e de uma família.

Livre das correntes, da lama, do desconforto do frio e do calor, a cachorra se transformou completamente. Se, antes, ela se mostrava cordial e amigável, agora ela está realmente feliz, encantada por partilhar a vida de Laura.

Ela dorme todas as noites na cama de Laura. Takia pode brincar e correr livremente, sem o peso da corrente para limitar os movimentos.

A tutora diz que “ela está nova em folha. Eu me sinto muito sortuda por poder adotar um bebê tão lindo. Eu tive muita sorte, de verdade”.

Um cão é um amor para a vida. Eles podem não durar vivos eternamente, mas o amor e a presença deles resistem para sempre. Se algum dia você recebeu o amor de um cão e o amou também, seja grato! Você conquistou o que mais importa nessa vida. 

Deus criou o cachorro para que os homens tivessem um exemplo prático de como se deve amar. Não importa se um cachorro é de raça ou não, eles sempre vão nos amar incondicionalmente e nunca irão nos abandonar. 

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário