Após pet reaparecer depois de 10 meses, dono descobre que seu cão tem outra família adotiva

Ter um cão ou uma cadela é ter direito a amor infinito! É chegar em casa e receber lambidas e festinha. É ter uma companhia constante e uma motivação para passeios na rua. Um cachorro traz vida para a casa de uma família!

Após 10 meses desaparecido, família se surpreende com retorno do cãozinho ao lar.

O cãozinho Bili vivia com o jovem Alberto Sabino e a sua família em Sumaré, município de São Paulo, e tinha por hábito fugir de casa toda vez que alguém abrisse o portão, mas retornava algumas horas depois.

Até que um dia a sua escapadinha durou mais que horas, tornando-se semanas, meses, quase um ano.

"Ele sempre fugia quando saíamos, mas sempre voltava depois de algumas horas. Até que as horas se tornaram dias, mas, ainda assim, ele voltava. Nesta última fuga, ele ficou todos estes meses fora", comentou Alberto Sabino ao Metrópoles.

Passaram-se 10 meses, até que a mãe de Alberto, Michele Cristina, avistou o peludinho aparentemente bem nutrido, no dia 16 de fevereiro, na porta de casa como se nada tivesse acontecido.

"Ela deu um berro e eu já fui correndo ver. Era ele mesmo. Ele veio balançando o rabo, todo feliz, e atendeu pelo nome, Bili."

Contente, a família compartilhou o acontecido nas redes sociais e uma mulher, ao ver as fotos, entrou em contatado relatando que estava cuidando de um cachorro de rua e que ele se dava muito bem com toda a população do bairro, no caso era o Bili.

E que havia o reconhecido pelas fotos por conta de uma manchinha branca que possui em uma das patas.

Incrédulo, Alberto começou a chamar o cachorro pelo nome para ver se ele respondia, e sem dúvidas ele abanava o rabinho toda vez que ouvia o seu nome.

Agora, o cãozinho de pelagem preta tem duas famílias! E a preocupação da primeira é que ele fuja novamente para se encontrar com a segunda família que o adotou.

"Tô com medo de ele fugir de novo, porque por mais que tenhamos cuidado, ele escapa, é mais rápido que nós. Ama a rua e vive correndo atrás das cadelinhas, um raparigueiro", brincou o jovem.

A história compartilha no Twitter do jovem ganhou mais de 162 mil likes e milhares de comentários cheios de graça.

"Vai ver ele fez um interCÃObio", brincou uma.

"Teve outro relacionamento breve, mas já acabou, ela não significa mais nada, o coração é todo seu novamente", zombou outro.

"Vish, agora vai ter que ser guarda compartilhada!", opinou um terceiro.

Bili é um cãozinho esperto que com a sua simpatia conquistou uma segunda família que com certeza nunca o esquecerá. E sem dúvida a primeira família ficará atenta para que esse pequeno nunca mais fuja de casa.

Procure ser amável, solidário, sincero e amigo com todas as pessoas; trate todos os animais domésticos com carinho e atenção. Preserve a Natureza. Aja sempre com bondade no coração; rejeite qualquer tipo de maldade ou trapaça. Eis aí a tua melhor oração e a tua verdadeira religião.

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário