Cão arriscou a própria vida e leva 4 mordidas de cobra durante briga para salvar sua pequena dona de ser atacada

Os cães costumam querer ficar próximos de quem oferece mais afeto a eles. Ou seja, é comum que ele siga o tutor que dê o que ele precisa: carinho, comida, água e brincadeiras. Isso porque ele sabe que com aquela pessoa, não ficará desamparado.

O amor e lealdade que um cachorro exprime por seus donos não mede esforços para vê-los sempre felizes e em segurança, nem mesmo quando a própria vida do cãozinho está em perigo.

Há alguns meses, Tufão salvou uma menina de 12 anos de um ataque de cobra em Bertioga, no litoral paulista.

Para proteger a criança, o cachorrinho se expôs e foi mordido pelo menos quatro vezes enquanto lutava contra o réptil que tentou avançar contra a pequena.

As picadas potencialmente fatais precisaram ser tratadas rapidamente, à medida que o estado de saúde de Tufão se deteriorava. O caso ocorreu na rua onde a menina mora, no bairro de Guaratuba, zona rural da cidade.

De acordo com testemunhas, a mãe da menina pediu que ela fosse à propriedade vizinha para abrir um portão. Ao retornar, ela viu a cobra, com cerca de 2 metros de comprimento, e tentou correr, enquanto o réptil a perseguia logo atrás.

Nesse momento, Tufão, um dos quatro cães da família, teve a coragem de colocar a própria vida em risco para ajudar sua pequena dona.

“Só o Tufão enfrentou a cobra. Acho que no desespero para afastá-la, ele foi mordido várias vezes”, disse Andressa da Silva dos Santos, 24, irmã da menina.

No meio do caminho, a menina se viu paralisada de medo, uma reação normal em situações extremas. A cobra agitada preparava o bote quando Tufão chegou para ajudá-la, lançando-se sobre o animal peçonhento.

Após alguns segundos dramáticos, a cobra desistiu de enfrentar o cachorro e foi embora. Os pais da menina logo apareceram para oferecer socorro à criança e ao cãozinho.

Tufão foi levado às pressas até uma clínica veterinária, onde ficou internado por 15 dias, até receber alta.

“O médico disse que se minha irmã tivesse se machucado, ela não teria sobrevivido. O cachorro tem muito mais resistência ao veneno”, disse Andressa.

Depois do ocorrido, Andressa e toda a família consideram Tufão um grande herói por salvar a menina.

“Ele estava dividido entre a vida e a morte. Após cinco dias de internação, ele teve que receber uma transfusão de sangue. Tínhamos muito medo de que ele não sobrevivesse, porque a cobra era grande e mordeu-o muitas vezes”, explicou a jovem.

A recuperação gradual, porém progressiva, permitiu que o cachorro voltasse ao normal nos meses seguintes.

Ele ainda precisa de alguns cuidados, mas a melhora em sua saúde já é perceptível e Tufão voltou a ser tão brincalhão quanto antes do encontro com a cobra.

Cuidem bem dessa Vidinha, pq ele foi um herói, salvando a vida dessa criança. Por isso que eu amo esses Bichinhos a cada dia que se passa.

Querido, isso que eu chamo de amor... Amo doguinhos... Por isso é considerado o melhor amigo do homem ou melhor do. Ser humano amor de verdade.

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA! 

Comentário do usuário